12/12/2016 Celesc vence em duas categorias do prêmio Fritz Müller

Celesc vence em duas categorias do Prêmio Fritz Müller

Premiação aconteceu na sede da Fiesc no dia 08/12. Foto: divulgção.

Projetos de Gestão Socioambiental e Eficiência Energética levaram a concessionária catarinense de energia a conquista de dois troféus da tradicional premiação promovida pela Fatma.

 

A Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina - Fatma entregou na última quinta-feira, 8/12, o 18º Prêmio Fritz Müller para treze empresas e instituições públicas atuantes em Santa Catarina, dentre elas a Celesc. O objetivo da iniciativa é reconhecer e homenagear órgãos públicos e corporações que desenvolvem ações de destaque na área ambiental. A distribuidora de energia foi a única vencedora a conquistar a premiação em duas categorias: Conservação de insumos de produção (energia), relacionada aos projetos de Eficiência Energética, e Gestão Socioambiental, voltada à ações de responsabilidade social. 

 

 

"A conquista do Prêmio Fritz Müller tem grande representatividade para a Celesc. Todos os nossos projetos na área de sustentabilidade permitem uma eficiência cada vez maior, fazendo sempre mais e melhor no atendimento da população catarinense e consolidando-se como uma empresa que, além de fornecer energia, promove a cidadania e protege o meio ambiente", relatou o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, sobre o resultado.

 

 

O presidente da Fatma, Alexandre Waltrick contou que na hora do julgamento dos projetos, são avaliados a inovação, a criatividade e o retorno ambiental, não importando se a empresa é de grande ou pequeno porte. Os cases são avaliados por técnicos da Fatma e então indicados para uma comissão julgadora.

 

 

No total, 50 organizações inscreveram cases para participar. “Neste ano, tivemos novos inscritos com cases de destaque. Isso nos faz ver que os cuidados com o meio ambiente no meio corporativo estão ultrapassando a barreira da legislação ambiental”, informa o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick.

 

Gestão Socioambiental

Energia do Bem beneficia catarinenses de baixa renda com a instalação de aquecedores solares para redução da fatura de energia elétrica.
Foto: Nilton Santolin.


O case vencedor do 18º Prêmio Fritz Müller mostra os resultados dos projetos socioambientais da Celesc, primeira empresa do setor elétrico brasileiro a conquistar a certificação de responsabilidade social NBR 16001. Os projetos da Celesc beneficiaram cerca de meio milhão de catarinenses de mais de 150 mil famílias. São projetos de voluntariado; formação de jovens desfavorecidos para o primeiro emprego; geração renda e economia de energia a comunidades carentes; reciclagem de óleo de cozinha, garrafas pet, caixas de leite e eletrodomésticos; revitalização de escolas, creches, hospitais e entidades sociais; limpeza de rios e praças. Seus consistentes resultados através de relevantes indicadores socioambientais revelam a constante preocupação da gestão da Celesc com a preservação do meio ambiente, assim como com o desenvolvimento sociocultural e econômico da sociedade catarinense.

 

Conservação de Insumos de Produção - Energia

Bônus Eficiente substitui lâmpadas e financia 50% da troca de eletrodomésticos antigos, com mais de cinco anos de uso, por equipamentos novos mais eficientes

 

O projeto revela os resultados de cinco representativos projetos de eficiência energética desenvolvidos pela Celesc Distribuição desde 2010 e como eles são importantes para a conservação de insumos e para preservação do meio ambiente em Santa Catarina. Os projetos apresentados geraram uma economia anual de 145,4 GWh, equivalente ao consumo anual de 60 mil residências, suficiente para abastecer uma cidade do porte de Pomerode. Também reduziram a demanda de energia no horário de ponta em 45,5 mil kW por ano. Esse expressivo resultado evitou a emissão de 18 mil toneladas de CO2, que equivalem ao plantio de mais de 108 mil árvores. O Programa de Eficiência Energética da Celesc teve início em 1999 e até 2015 registrou 84 projetos concluídos. Esses projetos tiveram um investimento de R$ 197,6 milhões e alcançaram 226,88 GWh de economia de energia, que equivalem ao consumo anual de 94 mil residências.

Fonte: Celesc com informações da Editora Expressão.




Últimas notícias
Envio de Matérias
Portfólio editorial
Cadastro
Siga-nos no facebook

ENDEREÇO

Caixa Postal 21725
CEP 88058-970
Florianópolis - SC

CONTATO

expressao@expressao.com.br
Fone: (48) 3222-9000

Facebook Editora Expressão Twitter Editora Expressão SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS


Copyright © 2014 Editora Expressão. Todos os direitos reservados.